AS 3 LEIS DO RELACIONAMENTO HUMANO POR BERT HELLINGER

Leis do Relacionamento

AS 3 LEIS DO RELACIONAMENTO HUMANO POR BERT HELLINGER
Por Ana Garlet, advogada e consteladora familiar

 

Ao vir ao mundo no seio de uma família, não herdamos somente um patrimônio genético, herdamos as crenças e os comportamentos que são válidos neste sistema familiar. Há muitas pesquisas em andamento buscando a comprovação científica de que essas crenças e comportamentos possam ter influências no próprio genoma, ou seja, elas modificam inclusive as nossas células.

 

Nossa família é um sistema, um campo de energia no interior do qual, nós evoluímos e crescemos. Cada um, desde seu nascimento, vai ser uma parte deste todo e precisa ter o seu lugar, independente de quem seja e como seja. Todos fazem parte.

 

Uma ave quando voa pode voltar-se para qualquer direção, mas o que vemos é o bando conduzir-se como um todo. Cada ave submete-se ao esquema geral do bando e, graças a essa submissão, continua a participar do grupo. De vez em quando, uma ou outra pode sair um pouco do movimento, para em seguida, juntar-se ao todo novamente. Ela é parte do movimento, ela influencia, mas não determina o movimento. Experimente, na próxima revoada de pássaros, fazer esta observação.

 

Na Constelação, para achar uma solução para o cliente, o terapeuta olha para além do indivíduo. Apenas abrir a mente e olhar para algo maior, para ligações ou conexões além das óbvias, para o amor que une o grupo e faz os indivíduos se sacrificarem por ele.

 

Bert Hellinger nos fala que há, além do inconsciente individual e do inconsciente coletivo, um “inconsciente familar” que atua em cada membro da família. Para ele, existes 3 leis básicas que atuam ao mesmo tempo: O PERTENCIMENTO, A ORDEM E O EQUILÍBRIO.

 

O resultado da observação e dos experimentos com estas leis,  se transformou em um trabalho simples, direto e profundo que o próprio Bert gosta de chamar de “Ordens do Amor”. Segundo ele, onde houverem pessoas convivendo, estas 3 leis estarão atuando.

 

Indicado ao Prêmio Nobel da Paz em 2011, Hellinger tem hoje 90 anos e continua seu trabalho com as Constelações em todo o mundo. Suas obras já foram trazidas para mais de 20 idiomas. Segundo ele, quando se age de acordo com as leis, a vida flui e nossos objetivos se desenvolvem. Quando as transgredimos, a conseqüência é perda da saúde, da vitalidade, da realização e dos bons relacionamentos, assim como o fracasso nos objetivos de vida.

 

Durante uma constelação, o objetivo é identificar quais leis podemos inconscientemente estar transgredindo e nos recolocar na vida de uma forma que possamos respeitá-las.

Esta terapia impressiona por sua ação no nível anímico, isto é, na cura da alma, e por sua dinâmica extraordinária, em que agentes “representam” personagens familiares, “representam” profissões, “representam” empresas, “representam” imóveis, “representam” sintomas e doenças, e assim por diante.

 

Através de um desenho vivo e sensorial de sua Constelação pode-se, passo a passo, olhar os emaranhamentos inconscientes e chegar-se, assim, quando é possível para o cliente dar este novo passo, a uma solução nova e libertadora.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *