O QUE SÃO HÁBITOS E COMO PODEMOS TRANSFORMÁ-LOS?

Hábitos

O QUE SÃO HÁBITOS E COMO PODEMOS TRANSFORMÁ-LOS?
Por Fernanda Aquino M. Rizzo | Psicóloga e Terapeuta

Os hábitos são escolhas que fazemos propositalmente em determinado momento da vida e depois paramos de pensar sobre elas mas, mesmo assim, continuamos a fazê-las automaticamente todos os dias.
Nosso cotidiano é um grande agrupamento de hábitos que foram sendo introduzidos com o passar do tempo e se transformaram num padrão, e apesar de cada hábito individualmente significar relativamente pouco, com o decorrer dos anos eles passam a ter um grande impacto em nossas vidas.

Em nosso cérebro acontece um processo de 3 estágios que se inicia com um gatilho, uma deixa, que pode ser um estímulo qualquer, desde um estímulo visual, como um delicioso pedaço de bolo, até um lugar, uma emoção, um pensamento ou uma pessoa específica. Depois há a rotina, que pode ser mental, como um pensamento frequente, física, como roer as unhas, ou emocional, como um estado de ânimo sempre presente. E por fim, existe a recompensa, que pode variar desde sensações físicas agradáveis, como um certo relaxamento, até compensações emocionais positivas, como alegria ou bem estar.
Os hábitos podem se instalar de forma inconsciente ou podem ser construídos intencionalmente; podem acontecer sem a nossa permissão prévia, mas também podem ser modificados deliberadamente. Eles podem ser grandes aliados, mas também podem se tornar nossos piores inimigos. Se ficarmos atentos aos gatilhos e recompensas que são parte de determinados hábitos podemos mudar as rotinas, e com pequenas mudanças, já somos capazes de acabar com um velho padrão. A medida que você cria novos padrões, estes se tornam tão automáticos quanto qualquer outro hábito, é uma questão de engajamento e persistência. Seus hábitos podem ser transformados e isso depende de você.

Transformar hábitos pode significar a diferença entre sucesso e fracasso pois, muitas vezes, ficamos presos em rotinas e padrões que são muito prejudiciais. Esses padrões podem estar bloqueando nosso bem-estar e sucesso, e frequentemente, nem percebemos a grande influência que eles exercem, e o impacto que têm sobre nossas vidas. Aqui seguem algumas dicas para que você possa dar os primeiros passos e começar uma real transformação positiva em sua vida.

Para se livrar de um hábito indesejado é preciso ter muita determinação; você não tem como simplesmente eliminá-lo, você pode mudá-lo, criar um novo hábito para substituir o velho. Existem muitas formas de criar novos hábitos como introduzir novas rotinas, substituir comportamentos, ampliar sua maneira de enxergar as coisas, encontrar novas formas de lidar com a vida, e há diversas maneiras de efetuar essas mudanças de forma consistente e duradoura.

Uma maneira de realizar mudanças de hábitos é usar um hábito que já existe na sua rotina como gatilho para um outro. Vamos supor que você tenha como meta beber mais água durante o dia, e o hábito que você já tem é de tomar alguns cafezinhos na sua rotina diária. Você tornará então, o hábito de tomar seu café, um gatilho para beber um copo de água: – “Depois que eu tomar um cafezinho (hábito já existente), eu vou tomar um copo d’água (pequeno novo hábito)”.  E assim você vai construindo hábitos desejados utilizando hábitos já existentes no seu cotidiano.

Uma outra forma eficaz para o processo de mudança de hábitos é buscar apoio e direcionamento em diversos tipos de terapias que são eficazes e podem ser usadas para interferir nos padrões já pré-estabelecidos com a ajuda de um bom profissional. Além de terapias individuais, existem também grupos terapêuticos que podem ser de grande ajuda neste processo, pois quando as pessoas se juntam e percebem que a mudança é possível, amplia-se o potencial para que ela realmente ocorra e se torne real. O indivíduo acaba se sentindo confiante e estimulado pelas mudanças realizadas por outros membros do grupo e encontra grandes fatores motivacionais para realizar suas próprias mudanças.

Para que um novo hábito se torne parte do seu dia a dia, é necessário que você faça, o que quer que se proponha a fazer, durante 30 dias. Escolha algo que você sempre quis fazer, algo que tenha muita vontade de realizar e isso já será, por si só, uma grande fonte de motivação para te impulsionar em direção à realização da sua meta e nunca vá dormir até ter feito a atividade que se propôs.

Lembre-se que se cercar das pessoas certas também ajuda, pensamentos são hábitos, e se você se rodear de pessoas com padrões de pensamento negativo, dificilmente conseguirá estabelecer para si, padrões de pensamento positivo. Escolha os ambientes que frequenta, as pessoas com quem se relaciona, as atividades que quer praticar em sua vida, e tenha rotinas mais produtivas e saudáveis. Você pode conseguir o que quiser criando hábitos construtivos, é só plantar as sementes certas no lugar certo.

Psicoterapia; Terapia em GrupoTerapia de RenascimentoCoachingMicrofisioterapia;Programação Neurolinguística

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *